Protegendo o santuário intermareal de Lee Abbey

Os estagiários representam uma parcela de valor inestimável no trabalho de conservação e na vida comunitária de A Rocha. Conheça Hannah Hereward, estudante de Mestrado em Biologia Marinha na Universidade de Plymouth e com a Associação Britânica de Biologia Marinha. Este mês, Hannah encerra seu projeto de dois anos como estagiária marinha em tempo parcial com A Rocha Reino Unido e A Rocha Internacional. Desde agosto de 2015, Hanna teve sua base de estudos em Lee Abbey, um centro cristão de retiros no Parque Nacional Exmoor, localizado no litoral rochoso norte de Devon, e um dos “Parceiros em Ação” de A Rocha Reino Unido. Através de suas pesquisas mensais, Hannah identificou um total de 17 habitats e 110 espécies! Ela gosta de apresentar essas maravilhas às pessoas que participam de suas oficinas de educação ambiental.

Lapas-de-riscas-azuis sobre algas marinhas (Hannah Hereward)

Lapas-de-riscas-azuis sobre algas marinhas (Hannah Hereward)

Sua pesquisa de mestrado concentrou-se em primeiro lugar na avaliação da dinâmica da população sazonal da alga Laminaria digitata e sua predadora primária no Reino Unido, a lapa-de-riscas-azuis Patella pellucida. Os resultados mostram que ambas as espécies têm flutuações sazonais típicas, que incluem um pico nas populações de lapas durante os meses de verão. Em segundo lugar, ela realizou simulações no laboratório para avaliar os níveis de branqueamento da alga com aumentos nas ondas de calor induzidas por mudanças climáticas.

A história de Hannah com A Rocha começou quando ela visitou A Rocha Quênia com seus pais, aos 10 anos de idade. Participando do anilhamento de pássaros e outras atividades, Hannah e seu pai realizaram uma pesquisa sobre o caranguejo maria-farinha Ocypode sp. na praia. Essas primeiras memórias estimularam Hannah a retornar a A Rocha Quênia 11 anos mais tarde, como estagiária marinha, enquanto esteve na Universidade de Nottingham Trent. Como resultado de seu trabalho, Hannah recentemente teve seu primeiro artigo revisado, ‘Ghost Crab burrow density at Watamu Marine National Park’, publicado e apresentado na capa da revista African Journal of Marine Science.

Depois do Quênia, Hannah passou a estagiar com A Rocha Canadá. Ela contribuiu com vários projetos, desde o anilhamento de andorinhas-de-dorso-acanelado Petrochelidon pyrrhonota até estudar a qualidade da água e contabilizar as massas de ovos de anfíbios.

O que vem depois? Com o olhar sempre apontando o oceano, ela espera começar um doutorado estudando aves marinhas. Somos gratos pela contribuição de Hannah à conservação e cuidado com a criação e desejamos-lhe o melhor!

Hannah Hereward monitorando quadrados (Benjamin Cowburn)

Guia de 200 aves comuns do Líbano 1 ago 2017
Dois autênticos guardadores do clima: Don Fernando e María Luz 1 ago 2017
Latest News
Protegendo o santuário intermareal de Lee Abbey 1 ago 2017
Por que nos preocuparmos com microplásticos? 1 jun 2017