A Rocha Portugal

O primeiro centro de estudos de campo de A Rocha, Cruzinha, abriu em 1986 perto da Ria de Alvor. Desde então, a equipe tem pesquisado a vida selvagem e os habitats do sul de Portugal para contribuir para a sua proteção. O estudo de espécies únicas incluiu o borrelho-de-coleira-interrompida Charadrius alexandrinus e a andorinha-do-mar-anã Sterna albifrons nas dunas de Alvor e contou com a participação de crianças de escolas locais que ajudaram a vedar com cordas as áreas de nidificação e elaboraram painéis informativos. O monitoramento botânico e a recolha de amostras de plantas em redor da Ria de Alvor forneceram provas científicas fundamentais da destruição do habitat, o que nos ajudou a ganhar uma ação judicial, em 2012, com o objetivo de proteger este magnífico estuário contra o desenvolvimento inadequado.

Visite o site de A Rocha Portugal (em português e inglês)

Os incêndios na Amazônia – Quão ruins eles são e como os cristãos devem responder? 17 set 2019
A Rocha tem febre de festivais! 1 ago 2019
Últimas notícias
Conservação através da educação ambiental 1 ago 2019
Painhos: Lança a tua ave sobre as águas! 1 ago 2019