Canadá e Gana se unem para restaurar uma lagoa costeira

A área Ramsar de Muni-Pomadze no litoral de Gana inclui uma lagoa margeada por manguezais e praias de areia, de importância global para nidificação de tartarugas verdes Chelonia mydas e aves aquáticas. No entanto, as florestas têm sido empobrecidas pela produção de carvão, recolha de lenha e queimada de arbustos. Durante 2013-14, A Rocha Gana trabalhou com mais de 3.000 pessoas de três vilas adjacentes para promover a conservação e a utilização mais sustentável dos habitats e plantou mais de 15.000 manguezais nas áreas degradadas, que agora estão prosperando. Um novo projeto teve início em 2016 (*), com duas outras povoações, para restaurar as árvores de mangue local, construir capacidade de resistência contra a mudança climática e treinar as mulheres na construção e utilização de fornos para defumar peixe com baixo consumo de combustível.

A 9 de janeiro (*), a Excelentíssima Celina Caesar-Chavannes (*), Secretária Parlamentar do Primeiro-ministro canadense e Sua Excelência Heather Cameron, Alto-Comissário Canadense para Gana, fizeram uma visita histórica ao projeto financiado pelo Canadá.

(*) Ligações em inglês

Muni Pomadze community engagement

Peter Harris fala sobre luto no podcast Grassroots 1 nov 2020
Garantindo um futuro para Dakatcha 1 nov 2020
Últimas notícias
Relatório Anual 2019/2020 1 nov 2020
Incêndios, exploração madeireira e mudança climática 2 out 2020