Protegemos e restauramos florestas tropicais

Aqui estão apenas alguns exemplos de projetos comunitários de A Rocha, que contribuem para a conservação de florestas tropicais.

A Rocha Peru: restauração de florestas secas em regiões áridas

Em janeiro de 2014, A Rocha iniciou um projeto de quatro anos para restaurar a floresta seca peruana − um dos ecossistemas mais ameaçadas do mundo − e promover o desenvolvimento social dentro e em torno de um parque eólico em Talara. Veja um filme curto (*)

A Rocha Brasil: viveiros de árvores na Mata Atlântica

Betari nursery - Raquel AroucaA Mata Atlântica é altamente diversificada e contém muitas espécies endêmicas, mas estas estão cada vez mais ameaçadas à medida que são desmatadas e fragmentadas para fins comerciais. Em partes da região, as pessoas são cronicamente carentes e estão lutando para viver da terra, o que levou a conflitos com áreas protegidas. A Rocha procura trazer a reconciliação para o bem das pessoas e das florestas locais. O projeto começou em uma das maiores áreas protegidas no estado de São Paulo, onde a comunidade tem sofrido com um abastecimento de água poluído, causado pelo desmatamento ao longo do rio e da mineração ilegal do ouro a montante dele. Também existem tensões sobre o acesso ao Parque Estadual situado perto dali. A Rocha está aumentando a confiança dentro do Bairro da Serra, concentrando-se em primeiro lugar no desenvolvimento de viveiros de espécies nativas, que podem trazer alguma renda para a comunidade e fornecer estoques para restaurar a floresta ao longo do Rio Betari.

A Rocha Gana: salvar da mineração floresta tropical de montanha

A reserva florestal das montanhas de Atewa é internacionalmente reconhecida como um dos ecossistemas mais importantes na África Ocidental por sua diversidade de vida selvagem (por exemplo, mais de 570 espécies de borboletas observadas) e um grande número de espécies inexistentes em qualquer outro lugar no mundo. Os três grandes rios que surgem da floresta fornecem água para uso doméstico, agricultural e industrial para cinco milhões de pessoas – sua importância não poderia ser maior! Apesar de seu valor incalculável, a floresta é ameaçada pela mineração e outras atividades humanas, por isto A Rocha está realizando atividades de conscientização e defesa de direitos como parte de um processo destinado a fazer que a floresta de Atewa seja reconhecida como parque nacional. Leia mais

A Rocha Uganda: reduzir o desflorestamento e melhorar a saúde humana

Foram distribuídos mais de 600 filtros de águabioareia, eliminando a necessidade de ferver a água sobre carvão: cerca de 15.000 pessoas estão bebendo essa água potável. Para cada cinco famílias, são comprados 60 sacos de carvão a menos a cada ano. Para 15.000 pessoas, isto representa 36.000 sacos. É necessário cortar uma árvore para fazer dois sacos: então, pelo menos 18.000 árvores ainda estão crescendo, ainda estão absorvendo carbono e proporcionando um habitat para espécies selvagens devido a esses filtros. Leia mais

POR FAVOR AJUDE! No nosso site Gifts With A Difference («Presentes com uma diferença») em shop.arocha.org (*), você pode proporcionar o dom da água pura, oferecendo um curso de construção de bioflitros em areia a um empreendedor local (*). Os participantes aprenderão a construir os filtros e a colocar em prática com sucesso o programa de filtragem de água no seio das suas próprias igrejas e comunidades.

A Rocha Quênia: conservação da floresta através de eco bolsas escolares

Nosso centro de estudos de campo fica perto de uma das florestas de mais rica vida selvagem do Quênia, que é vulnerável ao desmatamento e pilhagem. Vinculando bolsas de ensino secundário à educação florestal de pais e alunos, temos visto uma mudança de atitudes e um comprometimento das comunidades com a proteção da floresta para as gerações futuras. Assista nosso vídeo de 19 minutos sobre o «ASSETS: uma história de esperança». Leia mais

(*) Links em inglês

Proteger florestas tropicais é uma prioridade para A Rocha por causa da importância delas para o clima do planeta, as comunidades humanas dependentes de florestas e a fantástica biodiversidade da fauna e flora. Este é um gavião-águia de Ayres na floresta de Arabuko-Sokoke, no Quênia. (Foto: Ben Porter)

Proteger florestas tropicais é uma prioridade para A Rocha por causa da importância delas para o clima do planeta, as comunidades humanas dependentes de florestas e a fantástica biodiversidade da fauna e flora. Este é um gavião-águia de Ayres na floresta de Arabuko-Sokoke, no Quênia. (Foto: Ben Porter)

A Rocha tem febre de festivais! 1 ago 2019
Conservação através da educação ambiental 1 ago 2019
Últimas notícias
Painhos: Lança a tua ave sobre as águas! 1 ago 2019
Ofereça água pura de presente 1 nov 2018