Angela McKay

Coordenadora voluntária de educação ambiental

Angela McKay (David McKay)

Angela tem um diploma em botânica e ecologia e em administração pela Universidade de Liverpool. Depois de se graduar, ela teve vários empregos na Câmara Municipal de Coventry, incluindo o posto de assistente de pesquisa no Departamento de Educação e como administradora em saúde ambiental.

Ela tem mais de 25 anos de experiência como professora em escolas primárias, onde ela dirigiu os departamentos de ciência e de necessidades especiais.

Angela vive em Coventry com seu marido David. Eles têm dois filhos e um neto, que vivem em Londres. Quando não está trabalhando, Angela gosta de ajudar alunos internacionais a melhorar o seu inglês e ela também é a capitã feminina de um clube de corrida.

Como você se interessou em preservação?

Quando eu estava estudando botânica, meu professor estava interessando em recuperar terras degradadas pela extração de carvão e caulinita. Eu vi montes de escombros transformados e percebi que mesmo as terras mais danificadas podem ser melhoradas.

A preservação a influenciou como professora?

Sim, eu introduzi tópicos como a lista vermelha de espécies ameaçadas e histórias sobre preservação prática de países em desenvolvimento. Também usei alguns recursos da Rocha. Eu gosto muito de ver crianças aprendendo a apreciar o seu ambiente, se maravilhando e se preocupando com animais e plantas.

Conte-nos sobre a sua função como coordenadora.

Eu comecei em dezembro de 2014, trabalho um dia por semana. A primeira fase é o trabalho de base: juntar informação sobre todas as atividades educacionais ambientais da Rocha. A próxima fase será identificar e incentivar boas ações e o aprendizado com os outros. Eu gostaria que nossas equipes compartilhassem suas histórias de sucesso. Nós também queremos ajudá-las a produzir recursos ainda melhores e a compartilhá-los o mais amplamente possível.

Por que A Rocha?

Eu visitei projetos A Rocha no Reino Unido, em Portugal, na Finlândia, na Suíça, no Quênia, em Uganda e em Gana com meu marido David, que é o diretor financeiro de A Rocha Internacional. Em Uganda e no Quênia, acompanhei diretores de educação ambiental nas escolas e me impressionei pelo seu impacto positivo na vida das famílias, ao mesmo tempo em que protegiam e cuidavam da natureza local. Em Uganda, vi crianças aprendendo técnicas agrícolas ecológicas, criando pomares e plantando legumes para melhorar suas dietas. Isso é muito bom!

Não poderia fazer o meu trabalho sem…

A tecnologia para comunicar-me com pessoas ao redor do mundo, por isso sou muito agradecido pelos especialistas (especialmente Rob Thomas), que me salvam quando o meu computador não coopera!

A Rocha tem febre de festivais! 1 ago 2019
Conservação através da educação ambiental 1 ago 2019
Últimas notícias
Painhos: Lança a tua ave sobre as águas! 1 ago 2019
Ofereça água pura de presente 1 nov 2018