Nicholas Warren

Gerente de Projetos de Conservação

Nicholas Warren - thumbnail

Nicholas apoia o desenvolvimento, a implementação de captação de recursos e o monitoramento de nossos projetos de conservação. Com experiência prévia em zoologia e ciência da conservação, ele começou sua carreira estudando focas, pinguins e albatrozes na Antártica. Desde então, ele trabalhou para diversas ONGs na área de conservação; mais recentemente, apoiando alguns programas de conservação da WWF–UK focados em capital humano. Ele mora na Escócia com sua esposa e dois filhos pequenos.

Porquê A Rocha?

Eu gosto do trabalho de A Rocha: a combinação entre projetos de conservação, programas educacionais e trabalho científico. O espaço em que A Rocha influi, conectando conservação e cristianismo, é muito bom, e digno de se promovido e explorado.

Você é bilingue em francês e inglês.

Sim, eu nasci perto de Paris, e cresci lá, então o francês é minha língua materna, mas eu trabalhei na Inglaterra por 20 anos. Eu posso ter uma conversa em espanhol também, mas estou sem prática.

Você trabalhou em diversos países africanos. Quais são algumas lembranças especiais?

Eu nunca vou esquecer dos mergulhos nos recifes de coral da Tanzânia, ou a vida selvagem incrível na costa da Namíbia, quando eu estava estudando o comércio de mercado de peles de foca.

O que te agrada mais?

Me agrada testemunhar e ser parte do sucesso da conservação. Precisa-se muito deles! Eu gosto de trabalhar com pessoas, aprendendo, compartilhando e colaborando para atingir objetivos em comum.

Eu não poderia fazer meu trabaIho sem…

Tecnologia: me permite trabalhar de forma eficiente, em diversos tópicos, da minha mesa em Edimburgo.  Acompanhar a tecnologia ainda é um desafio!

Os incêndios na Amazônia – Quão ruins eles são e como os cristãos devem responder? 17 set 2019
A Rocha tem febre de festivais! 1 ago 2019
Últimas notícias
Conservação através da educação ambiental 1 ago 2019
Painhos: Lança a tua ave sobre as águas! 1 ago 2019